Entries by Chris Mamede

Diga sim, mãe!

Diga sim, mãe! “Um ano perdido!” Ouvir isso traz de imediato, argumentação contrária. “É óbvio que não!” E o desabafo da mãe angustiada soa como contravenção à Lei Divina. Elencam-se motivos para o exercício de gratidão ao ano vivido, buscam-se fatos como provas vivas das bençãos recebidas em meio à pandemia, e, ao final, fecha-se […]

Saudades da criança

por Chris Mamede Querida criança, Que saudade de você! Do seu jeito leve, desse olhar tão seu. Saudade daquelas horas de encontro, com abraço, com barulho, estardalhaço. E o seu silêncio, então? Quanto tem a me ensinar. Tantas vezes mergulhada em você desafiando o mundo a te entender, E os bobos tentando te explicar, esmiuçar […]